Vārda dienas – Ou como você possui um segundo aniversário na Letônia

Na Letônia, vardā dienas, ou os dias do nome, são uma parte central da cultura popular. Para cada dia do ano, são listados de um a cinco nomes, e todos os calendários e agendas os trazem impressos. As celebrações são semelhantes às de aniversário. Rádios e nas notícias, são divulgados os nomes a serem celebrados, monitores no transporte público os indicam, e as empresas operadoras de celular enviam mensagens para parabenizar. No ambiente de trabalho, ou nas escolas, levam flores e docinhos à pessoa do nome do dia, e sempre se tira um momento para celebrar. As famílias até preparam bolos e é um momento oportuno para visitas.

Presente na cultura europeia, especialmente do leste europeu, o calendário dos nomes é uma tradição herdada da Igreja Católica e Ortodoxa, que celebram, a cada dia, um anjo ou a morte de um santo. Com o passar dos anos, os nomes foram dissociados dos santos e foram sendo incluídos novos nomes para que as pessoas que tivessem esses nomes fossem celebradas. Hoje em dia, não é mais uma tradição restrita ao meio cristão, e, em muitos países não possui mais tanta relevância, mas na Letônia se mantém viva, e muitas vezes possui até mais importância que o aniversário (que era considerada uma celebração pagã para os católicos e ortodoxos).

Todos os dias do ano possuem nomes, o que dá em torno de 1000 nomes. Existem calendários estendidos que possuem mais de 5000 nomes. Mas os dias 29 de fevereiro e 22 de maio são reservados para aqueles cujo nome não consta no calendário. A lista de nomes é atualizada cerca de dois em dois anos, e todos podem indicar novos nomes a serem adicionados através do Valsts Valoda Centrs (Centro Estatal da Língua).

Você pode conferir se o seu nome consta no calendário neste link.

Bia Paes

Bia Paes

Letobrasileira, estudante de Letras na UNICAMP, com ênfase em pesquisa de tradução e linguística histórica e comparada. Voluntária da Associação.
Bia Paes

Comments

comments

Deixe uma resposta